15 de março de 2011

Estamos no período da Quaresma.

Estamos no período da Quaresma. Tempo de jejum, de oração, de escuta da Palavra, da pratica da caridade.

Convivemos diariamente com o sofrimento dos que buscam solidariedade. Esse é o caminho para a nossa conversão.

Precisamos não só escutar a Palavra, mas, colocá-la em prática, para que pela Misercicórdia Divina possamos alcançar o perdão e assim celebrar o Mistério Pascal de Nosso Senhor Jesus Cristo.

A Campanha da Fraternidade 2011 que tem como tema: Fraternidade e a Vida no Planeta e como lema: A criação geme em dores de Parto(Rm 8,22), nos convida á uma reflexão sobre como devemos tratar o nosso Planeta.

Precisamos ter consciência de nossa culpa quanto a poluição ambiental. A sujeira os rios e mares, a destruição das florestas, a poluição do ar, são resultados de nossa ganância e consumismo.

Através da Campanha da Fraternidade 2011, a Igreja nos mostra, que se cada cristão assumir a responsabilidade de criar alternativas que ajudem a superar os problemas sócioambientais, a natureza criada por Deus poderá ressurgir.

A cada um de nós, cabe a tarefa de procurar consumir menos ou não consumir, o que temos consciência de que é prejudicial ao meioambiente.

Diante de tudo isso, tomemos consciência que não há outra saída para a humanidade, para seus problemas socioambientais, políticos, e sociais, que não seja a cruz, a coragem de se sacrificar pelo outro, pelos outros, pelo todo.

Façamos valer o sacrífício de Jesus Crucificado, pois a Ressureição não se explica sem a cruz.

Por Ajurimar