10 de dezembro de 2010

Bento XVI assina decreto que torna Irmã Dulce beata

Com a assinatura, a religiosa se torna a primeira beata baiana, ficando a apenas um passo da canonização.

A superintendente de Obras Sociais de Irmã Dulce, Maria Rita Pontes, confirmou que o papa Bento XVI assinou nesta sexta-feira (10) o decreto que formaliza a condição de beata de Irmã Dulce. A formalização do ato somente ocorre a partir da publicação do documento no Jornal do Vaticano, o que deve ocorrer neste sábado (11).

Com a assinatura, a religiosa se torna a primeira beata baiana, ficando a apenas um passo da canonização, quando poderá ser considerada santa. Para ser canonizada, será necessária a comprovação de mais dois milagres, que também deverão ser reconhecidos pelo Vaticano.

A data prevista, que ainda depende da aprovação do Vaticano, é o dia 22 de maio de 2011, um domingo, dia dedicado a Santa Rita de Cássia, de quem a freira leva o nome. Com expectativa de um público estimado em 50 mil pessoas, a cerimônia, que deverá ser presidida por Dom Geraldo, vai ser realizada no Parque de Exposições, em Salvador.

Fonte: Redação CORREIO